Seja Bem-vindo, este é um fã blog que tem o intuito de manter os fãs de IVETE SANGALO bem informados.

Ivete Sangalo adere à campanha “Levando os discos de Gal para passear”

A performance do artista plástico Arthur Scovino foi divulgada por ÉPOCA e conquistou a cantora, que é vizinha de Gal em Salvador

APOIO Ivete segura os discos Minha voz, Baby Gal e Fantasia Foto: Samuel de Assis

APOIO Ivete segura os discos Minha voz, Baby Gal e Fantasia Foto: Samuel de Assis

Em julho, ÉPOCA publicou uma reportagem sobre a performance do artista plástico Arthur Scovino, que, desde de maio, carrega os LPs da cantora Gal Costa por onde quer que vá. Seus passeios são devidamente registrados e postados no blog http://elepesdegal.blogspot.com/. A ideia, segundo Scovino, é divulgar a extensa obra de Gal, homenageá-la e dividir com os fãs a ansiedade por um novo trabalho (a cantora não lança um disco inédito desde 2006).

Nesta terça-feira (9), o traballho de Scovino ganhou um reforço. E que reforço. A baiana Ivete Sangalo posou com três discos de Gal durante um intervalo das gravações de sua participação na série As brasileiras, escrita por Daniel Filho para a TV Globo, ainda sem data de estreia. Ivete é vizinha de Gal em Salvador.

Quem “aproximou” Ivete dos LP’s de Gal foi o ator Samuel de Assis (o policial Ademir do filme 5X Favela – Agora por nós mesmo), amigo de Scovino. Ele – que gravou junto com Ivete para As Brasileiras – mostrou o projeto para a cantora. Ivete não só elogiou, como fez questão de posar com os discos.

Segundo Scovino, Ivete ligou para parabenizá-lo por seu trabalho e dizer que também é uma admiradora de Gal Costa. Ela teria prometido a ele mostrar a iniciativa para a vizinha famosa. “Eu disse a Ivete que gostaria que outros artistas como Caetano Veloso e Chico Buarque, por exemplo, também tirassem fotos com os discos. Ela prometeu me ajudar”, diz.

Scovino também diz que Ivete fez questão de “defender” seus fãs, dizendo que não é sempre que eles ficam na frente do seu prédio em Salvador. No dia da aglomeração, 27 de maio, era o aniversário de Ivete, por isso eles estavam lá.

O artista plástico Arthur Scovino, que nasceu no Rio de Janeiro, mudou-se para Salvador há dois anos para estudar na Escola de Belas Artes da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Um dia, ao sair do curso, passou pela Praça do Campo Grande, área nobre de Salvador, e viu uma aglomeração de fãs em frente ao prédio da cantora Ivete Sangalo. Scovino lembrou que no mesmo prédio também mora Gal Costa. Segundo ele, a ideia de levar os discos debaixo do braço, na verdade uma performance artística, nasceu ali. A obra termina no dia em que Gal lançar seu novo trabalho (um disco com músicas inéditas de Caetano Veloso), previsto para setembro. Depois, as fotos de Scovino, amigos, fãs e famosos vão virar uma instalação. A pose de Ivete com os LPs de Gal certamente vão ganhar seu espaço na exposição.

PASSEIOS Scovino sentado ao lado da estátua do poeta Vinicius de Moraes, em Salvador (à esq), e segurando os discos de Gal no bairro da Lapa, no Rio de Janeiro

Fonte:Época

Postado por:@ThommGhyramme

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s