Seja Bem-vindo, este é um fã blog que tem o intuito de manter os fãs de IVETE SANGALO bem informados.

Chorona em ‘Caminho das Índias’, Ivete Sangalo diz que ri muito com Rafael Cortez e Jô Suado

 

 Mãe de primeira viagem do pequeno Marcelo, de quase 2 anos, Ivete Sangalo agora é craque em programação infantil. Acompanha “Peixonauta”, da TV Brasil, e adora ver “Turma da Mônica”, nas manhãs da Globo. Mas as atrações de adultos também chamam sua atenção. A cantora conta que chorou compulsivamente ao assistir a “Caminho das Índias”. Mas morre de rir com as reportagens de Rafael Cortez, do “CQC”, e das estripulias do Jô Suado, personagem do “Pânico na TV”.
O GLOBO: O melhor da TV.
IVETE SANGALO: Nos últimos tempos, os meus olhos têm visado mais os programas infantis. De manhã, o desenho que eu mais gosto de ver é “Turma da Mônica”. Eu amo. A sociedade ali representada, seus defeitos e qualidades bem distribuídos, os temas corriqueiros de criança. Dentro do humor, gosto de “Tapas & beijos”. Adoro o “Fantástico” e também não perco o “Jornal Nacional”. Quando não dá para assistir, mando gravar.
Gosta de novelas?
IVETE: Hoje, não tenho tanto tempo para assistir à novela. Mas adoro, acho joia. A última a qual eu assisti e chorava em frente à televisão foi “Caminho das Índias”. Mas eu chorava em todos os capítulos. Impressionante.
E séries, você acompanha?
IVETE: Não assisto, também por conta do tempo. Hoje, o que eu mais acompanho é o “Peixonauta” (risos).
Programa sobre música.
IVETE: Depende. Eu acho bacana ligar a televisão e ver os artistas nacionais em programas de auditório, como do Faustão, Luciano Huck e Serginho ( Groisman). Gosto também de atrações específicas, de biografia do artista ou da banda. Mas não tenho um favorito.
O que mais a faz rir na TV?
IVETE: Gosto muito de “Pânico na TV” e “CQC.” São perfis bem diferentes. E sinto muita falta do “Casseta & Planeta, urgente!”. Uma pessoa que me faz rir é o Rafael Cortez ( do “CQC”). O Jô Suado, do “Pânico”, também é muito engraçado.
E chorar?
IVETE: “Sessão da tarde”.
O que a faz mudar de canal?
IVETE: A própria ansiedade. Às vezes, não há motivo para mudar e a gente muda.
Se pudesse criar um programa, como ele seria?
IVETE: No meu caso, seria de música ao vivo. Só que meu sonho era ter seis, sete bandas tocando, uma atrás da outra, sem troca de palco, cada uma com seu perfil.
Programa da infância de que sente saudade.
IVETE: “Cassino do Chacrinha”e o “Sítio do Picapau Amarelo”.
Fonte: OGlobo
Postado por: @lovalverde
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s